Conversamos durante duas horas, foi exatamente esse tempo que levou para compartilharmos os gostos, o bom humor e as experiências de vida. Bastou um milésimo de segundo para ter a plena certeza de que queria tocá-lo. Bastava-me esticar um braço para atingir a ponta daquele queixo barbado. A docilidade daquele gesto me possuía de modo que eu esquecesse quem eu era.

O beijo começou.

Quanto tempo dura? Faz silêncio, despenca uma estrela. Defino-me na tua boca como quem encontra o paraíso e sorri com dentes amarelados. A imensidão da sua voz agora é parte da minha saliva. Demorou um minuto, trinta e sete segundos e um dia inteiro para compreender de que aquilo era o máximo que eu teria de você. Se eu pudesse rebobinar o passado, eu desejaria estar tocando o seu queixo outra vez.

eternal sunshine

Anúncios


%d blogueiros gostam disto: